logo
Registro

Buscá tu próximo destino

.

Canelones

Originalmente chamada de "Villa de Nuestra Señora de Guadalupe", Canelones, foi o berço do primeiro pavilhão nacional e terra de imigrantes canários.
Actualmente é o centro administrativo do departamento e nos seus arredores predominam as pequenas quintas, quintas, adegas e explorações leiteiras turísticas. Entre seus eventos de destaque, destacam-se o Festival da Bandeira Nacional e o Pericón Federal, que acontece no mês de dezembro.
Canelones, como departamento, se destaca por ser posterior a Montevidéu, por ser o mais populoso do país e um dos mais estratégicos do ponto de vista geopolítico. Localizada no sul do país, é a ponte de comunicação entre a capital e o interior do país, além de receber visitantes estrangeiros, pois é a sede do Aeroporto Internacional de Carrasco. Possui uma área de mais de 4.500 metros quadrados e uma população que ultrapassa os 520 mil. Seu território, ligeiramente ondulado e cheio de planícies, possui um rico fluxo de riachos que fazem parte da bacia do rio Santa Lucía, fonte de riquezas em água potável para todo o sul do país, que acaba desaguando na costa do Rio de la Plata. Existem também alguns grandes lagos, açudes ou reservatórios e poços cavados que armazenam água durante o inverno para irrigação no verão. Canelones também é um departamento fundamental para entender a história do país. De acordo com as instruções dadas por Gral. José Gervasio Artigas em 1816, Canelones constituiria uma das seis jurisdições com as quais se dividiria a Província Oriental.

A cidade de Canelones alberga importantes monumentos e edifícios que o convidam a desfrutar do turismo histórico-cultural. No Parque Gral. Artigas está o Museu Arqueológico Antonio Taddei, que foi um dos precursores da arqueologia científica no Uruguai. Exibe material paleontológico e principalmente arqueológico pertencentes a culturas indígenas que habitaram nosso território. Outro local imperdível na capital canária é a Catedral Nuestra Señora de Guadalupe, construída em 1843, com uma tipologia arquitetônica representativa do Neoclacisimo espanhol. Em torno da Capela em homenagem a esta virgem, a Villa Nuestra Señora de Guadalupe foi fundada em 1783 e foi ao pé da imagem que o primeiro Pavilhão Nacional, criado pela Assembleia Geral Constituinte e Legislativa do Estado, foi abençoado em 1829 .

Na Praça 18 de Julio encontra-se o Monumento à Bandeira, inaugurado em 1939 e conhecido como "La Joaquina", alusivo ao retrato em relevo de Joaquín Suárez na sua fachada. A figura veste a clássica túnica grega das alegorias cívicas da época, segurando na mão direita uma espada e com a esquerda ergue a bandeira nacional.

Não te percas!

Complejo Cultural Politeama

O Complexo Cultural Politeama completou 100 anos e seu nome remete ao fato de este espaço ter sido historicamente utilizado para diversos tipos de espetáculos como zarzuelas, apresentações teatrais, apresentações de filmes, bailes e até competições de boxe. Possui dois encontros e uma barraquinha ladeada por corredores que compõem o teatro "Atahualpa del Cioppo". Teatro Atahualpa del Cioppo. Reaberto em 2014 após várias reformas, é considerado o pólo artístico da cidade e uma área central para a realização de atividades culturais. Contato: 1828 Int. 1233

Museu Spikerman

Nele estão expostos materiais representativos da fase de fundação da cidade e um valioso acervo numismático e outro de armas pertencentes ao processo revolucionário Artiguista, à Cruzada de Libertação e às guerras civis da primeira metade do século XIX, além de aranhas e um relógio que pertenceu a chefes políticos do departamento da mesma época. Contato: (+598) 43323111

Monumento à Bandeira

Localizado na Plaza 18 de Julio de Canelones, é um monumento de estilo historicista em homenagem ao primeiro pavilhão nacional. É constituída por uma figura feminina em postura ereta, com a cabeça ereta e uma expressão severa. Vestida com um manto, ela segura uma espada na mão direita e levanta a bandeira com a esquerda.

 

Sítio infantil

É um espaço interdisciplinar e interinstitucional e educativo que busca promover a produção responsável e uma cultura de vida saudável, posicionando a fazenda como um lugar de referência nos passeios públicos da região metropolitana. Inclui espaços recreativos e recreativos, galpão cultural, setor agroecológico, área de pecuária, brinquedoteca a céu aberto, casa na árvore, curral para animais domésticos e auditório. Contato: 43323060