logo
Registro

Buscá tu próximo destino

.

Parque Nacional de Santa Teresa e Forte de San Miguel

Localizado entre os balneários de Punta del Diablo e La Coronilla, este parque de mais de três mil hectares é ideal para visitar em família. O mais pequeno da casa ficará fascinado pelo refúgio selvagem onde vivem pássaros em perigo de extinção, juntamente com outras espécies de mamíferos e répteis. Passeios e pontes suspensas, jogos infantis, além de grande sombra, estufa e aquário estão entre as atrações.

No local encontram-se diversos serviços como supermercado, restaurantes, padaria, serviço médico de urgência e amplo parque de campismo. A Fortaleza de Santa Teresa é uma das atrações mais visitadas do parque. Foi criado em 1762 pelos portugueses e propõe uma viagem no tempo à época colonial. Um dos lugares preferidos dos mais pequenos é a sala onde se exibem os modelos das diferentes fortalezas que existiram no Uruguai.

A trajetória da Fortaleza remonta ao ano de 1762, quando os portugueses, prevendo um novo conflito com a Espanha, decidiram fortificar o ponto, então denominado Pequenos Castelos. Suas paredes foram construídas com uma parede dupla de pedra de silhar e unidas por contrafortes. O espaço entre os dois foi preenchido com sujeira e entulho para formar o caminho de patrulha e resistir às vibrações do fogo de artilharia inimiga. Dentro deste monumento você pode vivenciar séculos de história. Passou para as mãos dos orientais em 1825 e permaneceu abandonada por muito tempo até ser redescoberta pelo historiador Horacio Arredondo, que iniciou os esforços para sua reconstrução em 1928.

A leste da Fortaleza de Santa Teresa fica o Parque Nacional, de mesmo nome. Em uma área de aproximadamente 3.200 hectares, abriga espécies de todos os continentes, cerca de dois milhões de plantas e árvores, em extensos jardins, perfeitamente delimitados por buxo e ciprestes. É um dos maiores parques do mundo, criado pela humanidade, aliando beleza e tranquilidade. Lá você pode acampar e caminhar pelo Recreo del Soldado.

+ info

A quarenta e cinco minutos da Fortaleza de Santa Teresa está o Forte de São Miguel. Feita por iniciativa dos espanhóis, as forças portuguesas tomaram-na em 1737 e deram-lhe o seu desenho definitivo, que se conserva em perfeito estado. Atrás da ponte levadiça, está alojado um acervo histórico e reproduzidos os ambientes onde viveram os seus ocupantes espanhóis e portugueses.

Ao seu redor está o cemitério histórico, um belo parque com vegetação nativa e o museu Horacio Arredondo, onde estão expostos uma diligência de 1816, uma carroça de 1880, um típico rancho de barro e outros elementos da vida do campo. Muito perto do forte, encontra-se o Fortín de San Miguel, um encantador hotel rural onde é possível pernoitar ou almoçar com refeições típicas. A menos de dez minutos de distância, você encontrará o Chuy, um tradicional calçadão de compras na fronteira.

+ info

Duração: 2 dias

Destino: Santa Teresa, Chuy, Rocha